Categoria | COMUNA

Tags |

Fim do Exílio / Volta a Lubango

Postado em 04 julho 2011 por Cavernadeadulao

Queridos irmãos e amigos,
Graças a Deus (e isso não é só expressão comum) estamos de volta a Lubango. Queria ter escrito antes mas foi uma “correria” esta semana. Na segunda-feira recebemos à tarde a confirmação de que os passaportes estavam chegando aquele dia a Windhoek. Fomos à DHL mas os passaportes só chegariam no escritório à noite. Assim, voltamos para arrumar as malas (que não eram poucas) para partir no dia seguinte. Na terça bem cedo fui ao escritório e peguei os passaportes, e saímos na manhã mesmo em direção a Angola. Aí foram dois dias de viagem (com pernoite ao norte da Namibia), e chegamos bem, sem maiores problemas, na quarta-feira já tarde da noite. No dia seguinte e na sexta-feira estive trabalhando no hospital e ajudando a ajeitar as coisas em casa. Assim, só parei hoje para escrever, com alegria, sobre nosso retorno.

Foram dois meses fora; uma pena pela interrupção do trabalho aqui, e também pelo fato de que essas dificuldades com o visto angolano não se justificam. Infelizmente, a estrutura de vistos aqui foi criada há tempos atrás, baseada na desconfiança de um país em guerra  e na burocracia ineficiente que se traveste de seriedade e rigor, e se perpetua como fonte de corrupção e renda escusa para aqueles que “facilitam” diante de tantas dificuldades. Muitos homens de negócio aqui se mantém no país às custas de altas propinas mensais para evitar todos esses transtornos. Obviamente isso não seria uma opção para nós, mesmo que pudéssemos pagar essas quantias. Oramos para que o país mude, para o seu próprio bem; que percebam que essa corrupção degrada o país, não só apenas do ponto de vista moral, mas também afastando investimentos, turismo, negócios.

Bem, deixando esse lado ruim de lado, é muito bom estar de volta ao lar aqui em Lubango e voltar a servir no hospital. É recompensadora, além do que as palavras podem dizer, a satisfação de ver a gratidão e alegria dos pacientes e funcionários do hospital com a nossa volta.

Peço as orações de todos diante dos desafios do nosso trabalho aqui: os casos graves, com poucos recursos de diagnóstico e tratamento, e também a situação do próprio hospital, que está lidando com dificuldades financeiras, com atraso no pagamento do salário dos funcionários. Que o Senhor sustente esse hospital, que foi criado para demonstrar o amor de Deus pelo povo angolano, servindo-o nas suas necessidades na área médica. Que o hospital, e nós aqui como parte dele, continuamos a proclamar, como diz o lema do Centro Médico Evangélico do Lubango: “Saúde e Esperança através de Jesus Cristo”.

Agradecemos a todos o apoio, a oração e o carinho. Como os angolanos aqui costumam dizer, talvez um refrão do partido nos tempos da guerra: “Estamos juntos!”
Continuem orando por nós e pelo CEML.

Carinhosamente e com gratidão,
Eduardo (com Norinha, David, Paula e Rachel)
http://myrrhaferreira.blogspot.com/

1 Comente esse Post

  1. Nágila Says:

    Oi Du, fico feliz em saber das maravilhas que o Senhor tem feito na sua família e através dela. Seus meninos estão cada dia mais lindos. Que o Senhor continue os abençoando nessa missão, e que a cada manhã possam ver as maravilhas do nosso Pai nas suas vidas.
    Bjs e saudades.Nágila.

Deixe seu recado!

Fique por dentro
Instagram

OFERTAS

Comunidade Cristã Caverna de Adulão
Caixa Econômica Federal
Agencia: 0085
Op: 03
Conta corrente: 193-5

CNPJ: 05.401.683/0001-02

  • CATEGORIAS

  • LINKS

  • ARQUIVO